Com reservas, São Paulo derrota Ituano e segue com melhor campanha do estadual – 26/04/2021 – Esporte

Com facilidade, o São Paulo derrotou o Ituano neste domingo (25) por 3 a 0 e continua com a melhor campanha do Campeonato Paulista.

O resultado fez a equipe do Morumbi abrir 14 pontos de vantagem na liderança do Grupo B. São 25 conquistados em 10 rodadas. Em segundo está a Ferroviária, com 11 pontos (8 partidas). Foi a sétima vitória consecutiva do São Paulo na temporada, sendo a sexta pelo Estadual.

Apesar de estar em campo com uma escalação repleta de reservas, o São Paulo não demorou em traduzir a sua superioridade técnica em gols. Aos 5 minutos, o paraguaio Galeano foi empurrado por Suéliton dentro da área e Rodrigo Freitas converteu o pênalti.

Com Liziero como principal coordenador da equipe no meio-campo e Galeano como opção de velocidade pela ponta, os visitantes dominaram o primeiro tempo e o Ituano achava como única resposta fazer faltas.

Aos 22, em uma amostra do entrosamento e de como o São Paulo assimilou a filosofia de jogo do técnico Hernán Crespo, o São Paulo trocou passes em velocidade até Wellington cruzar para Igor Vinícius completar para o gol de dentro da área.

O Ituano tentou pressionar no segundo tempo, mas tudo ficou mais difícil aos 11 minutos, quando o meia Jeferson pisou no zagueiro são-paulino Léo. Com a ajuda do VAR, o árbitro Raphael Claus o expulsou.

O terceiro gol se tornou questão de tempo. Galeano anotou, mas o lance foi invalidado por impedimento, mas aos 28 minutos, valeu. O paraguaio de 21 anos recebeu passe de cabeça de Igor Gomes e empurrou para a rede. Logo depois, Gabriel Taliari foi expulso por jogada violenta e deixou o Ituano com nove.

Na quinta-feira (29), o São Paulo recebe o Rentistas (URU) pela Libertadores. Na próxima rodada do estadual, vai fazer o clássico contra o Corinthians no domingo (2).


Source link

Sobre wily

Verifique também

Preparação de 5 anos para as Olimpíadas acaba em luta de 14 segundos para judoca do Malawi – 24/07/2021 – Esporte

Harriet Bonface, 28, não estava com a expressão abatida e nem falava com tristeza. Ainda …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *